Oficina de Interpretação de São Tomé e Príncipe

A Casa da Cultura de São Tomé acolhe, desde o passado dia 8 de Julho, a terceira oficina de interpretação no âmbito do projecto P-STAGE – IV Estágio Internacional de Actores promovido pela Cena Lusófona. Depois de Angola e da Guiné-Bissau, o projecto encontra-se agora em São Tomé e Príncipe, com uma acção de formação dirigida pelo encenador brasileiro Márcio Meirelles.

A oficina, co-organizada pelo Centro de Intercâmbio Teatral de São Tomé (CIT São Tomé), encontra-se já na segunda semana de trabalhos, de um total de quatro, e culminará com a apresentação de um exercício-espectáculo, no dia 31 de Julho em local a anunciar.

Do grupo de cerca de 30 formandos, oriundos de seis grupos da ilha: Gente de Dor Alegre, Os Criativos, Os Parodiantes da Ilha, Fôlô-Blâgi, Caravana Africana e Légi-Téla; serão seleccionados dois actores/actrizes para integrar o elenco internacional da produção “As Orações de Mansata”, de Abdulai Sila, próxima etapa do projecto P-STAGE.

O projecto P-STAGE – Portuguese-Speaking Theatre Actors Gather Energies (IV Estágio Internacional de Actores Lusófonos) é uma parceria entre a Cena Lusófona, a AD (Guiné-Bissau) e o Elinga Teatro (Angola), tendo como associados o CIT São Tomé, a Sol – Movimento de Cena (Salvador, Brasil), A Escola da Noite e a Companhia de Teatro de Braga (Portugal) e o Theatro Circo de Braga (Portugal). É desenvolvido no âmbito do Programa ACP-UE de apoio aos sectores culturais ACP, executado pelo Secretariado do Grupo dos Estados ACP e financiado pela União Europeia. Inclui a realização de três oficinas para actores nos países africanos envolvidos e a construção de um espectáculo com actores portugueses, brasileiros, angolanos, guineenses e são-tomenses, que estreará em Portugal em Outubro deste ano e circulará depois pelo espaço da CPLP. Paralelamente, a iniciativa prevê a realização de um documentário e de três oficinas de iluminação cénica.

O CIT São Tomé tem existência jurídica desde Abril de 2013, mas funciona há vários anos como parceiro da Cena Lusófona neste país, dinamizando várias acções de formação e gerindo o parque técnico e a biblioteca que a Cena Lusófona colocou à disposição da comunidade teatral são-tomense em 2002. O envolvimento de São Tomé e Príncipe no projecto conta com o apoio do Governo da República, através do Ministério da Educação, Cultura e Formação.

Márcio Meirelles é encenador, cenógrafo e figurinista e iniciou a sua carreira teatral em 1972, em Salvador, Bahia (Brasil). Foi fundador do grupo Avelãz y Avestruz (l976-1989) e do espaço cultural A Fábrica (1982), que dirigiu. Durante os anos de 85 e 86, assumiu a direcção dos núcleos de cenografia e figurinos e de direção e elenco da TV Educativa da Bahia. Paralelamente, criou o Projeto Teatro para a Fundação Gregório de Mattos (1986). Foi director de um dos maiores centros culturais do Brasil – o Teatro Castro Alves, em Salvador, entre 1987 e 1991.

Distinguido com vários prémios nas suas três áreas de intervenção preferenciais, fez estágio na Circle Repertory Company (Nova York). Em 1990 criou, com Chica Carelli, o Bando de Teatro Olodum, que dirige até hoje. Em 1994, coordenou o projeto de reforma e revitalização do Teatro Vila Velha, do qual foi director artístico até 1998 e a partir de 2011. Condecorado como Cavaleiro da Ordem do Mérito da Bahia em 1990, homenageado pelo Troféu Copene de Teatro pelo conjunto de seu trabalho em 1999 e indicado para o Prêmio Shell, no Rio, pela encenação de “Candaces – a reconstrução do Fogo”, em 2003. Em 2007 é lançado o filme “Ó pai, ó!” e a série televisiva de mesmo nome – baseados na “Trilogia do Pelô”, de sua autoria – tendo o elenco do Bando participado nos dois projectos. Entre 2007 e 2010 foi Secretário de Cultura do Estado da Bahia.

Eduardo Pinto

Demografia
Demografia
Do total da população de São Tomé e Príncipe, com aproximadamente 187.356 habitantes (Censo 2012) [...] Foto:...
Venha Conhecer São Tomé e...
Venha Conhecer São Tomé e...
São Tomé e Príncipe é um destino ideal para conhecer uma África amável [...] Foto: Cruza Mundos São Tomé...
Ússua
Ússua
Nasceu no início do século XX, sendo uma dança praticada pelos "filhos da terra" de inspiração europeia:...
O País Lusófonia Política Economia Sociedade Desporto Educação Cultura Multimédia Saúde
Cultura Angola     Embaixadas Futebol        
Demografia Brasil   Turismo Serviços Basquetebol   Gastronomia    
Geografia Cabo Verde   As praias Emprego Ciclismo   Folcrore    
História Guiné Bissau   Ecoturismo Imobiliário Canoagem   Festas Locais    
Clima  Moçambique   A Capital Meteorologia  Clubes        
Fotos  Portugal      Tecnologia Taykwondo        
  Timor     Links Úteis Capoeira        
  S.Tomé e Príncipe       Xadrez        

© 2015 STP Digital Lda. Todos os direitos reservados. | Desenvolvimento por Albatroz Digital | Manutenção por STP Digital Lda | Termos e Política de Privacidade | Publicidade