"Não se trata de quanto dinheiro se tem, mas sim de deixar um legado."- TONY ELUMELU

De 14 a 16 de Outubro, Lagos (Nigéria), acolheu a maior reunião de empreendedores africanos no Mundo. Uma reunião de periodicidade anual promovida pelo economista nigeriano, empresário e filantropo – Tony O. Elumelu.

Elumelu é o presidente da Heirs Holdings, do United Bank for Africa, da Transcorp e fundador da Fundação Tony Elumelu (TEF). Elumelu detém as honras nacionais nigerianas, o Comandante da Ordem do Níger (CON) e Membro da Ordem da República Federal (MFR). Ele foi reconhecido como uma das "pessoas mais poderosas de África em 2012" pela revista Forbes. É um líder nato que coloca paixão, capacidade de resposta, destreza e compromisso em tudo o que faz. O Fórum da TEF acolheu mais de 1.300 participantes de 54 países africanos. A reunião mais diversificada e inclusiva de empresários africanos no continente continuou a sua forte tradição de mostrar a inovação em todos os setores, incluindo agricultura, tecnologia, saúde, moda e energia/geração de energia.

Lançado em 2015, o Fórum nasceu do compromisso da Fundação Tony Elumelu de disponibilizar 100 milhões de dólares americanos para identificar, treinar, orientar e financiar 10.000 empresários africanos, ao longo de uma década, através do Programa de Empreendedorismo TEF.

Durante o seu discurso, Tony O. Elumelu falou sobre a sua crença de que um vibrante setor privado liderado por africanos é a chave para desbloquear a economia de África. "O desenvolvimento de África, que deve ser liderado pelo setor privado e guiado pelo empreendedorismo, terá nos seus pilares, jovens inovadores africanos e suas ideias transformadoras. Somente eles criarão os milhões de empregos que o continente africano precisa. O Fórum reuniu a força de desenvolvimento mais importante de África, seus jovens empreendedores que se converterão em catalisadores da libertação económica de África”, disse Elumelu.

O evento de dois dias, que envolveu painéis plenários e masterclasses, proporcionou os empreendedores do programa da TEF uma plataforma para conexão com líderes empresariais, decisores políticos e investidores.

Com foco no tema do Fórum de treino e orientação, os oradores discutiram tópicos que educaram, capacitaram e inspiraram os empreendedores e empreendedoras, abordando as principais etapas necessárias para o sucesso de um negócio.

Ficou patente o papel da Fundação de unir empresários e decisores politicos como forma de garantir que os setores público e privado trabalhem juntos para criar o melhor ambiente operacional possível para o empreendedorismo prosperar. Líderes do setor político e privado de toda a África abordaram diretamente as condições necessárias para estimular o crescimento empresarial. Membros seniores de instituições globais de desenvolvimento, incluindo Wale Ayeni da Corporação Financeira Internacional; Stephen Tio Kauma do Afrexim Bank e Andre Hue da Agência Francesa de Desenvolvimento, falaram de um novo paradigma, impulsionado pela necessidade de uma mudança do setor privado.

Dirigindo-se aos empreendedores do programa do TEF, o vice-presidente da Nigéria, o Professor Yemi Osinbajo, disse: "Esta geração de jovens fará o excepcional. Vocês são a razão pela qual a África funcionará. O comprimento e a amplitude da exibição de talentos mostraram que há realmente esperança ".

O Fórum também testemunhou múltiplas parcerias entre o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Fundação Tony Elumelu, e entre o Banco de Desenvolvimento Bilateral Francês, Agência Francesa de Desenvolvimento e Fundação Tony Elumelu. Congratulando ambas as agências pelo empenho na promoção do empreendedorismo juvenil em África, Elumelu convidou outras pessoas e instituições de desenvolvimento a fecharem parcerias com a Fundação e expandir a escala do seu impacto. "Convocamos amigos de África a parcerias com a Fundação, para dimensionar o nosso impacto além dos mil empresários por ano. Existe oportunidade real para aproveitar o potencial de África e os nossos empreendedores oferecem uma porta de entrada para participar no sucesso económico e criar riqueza social ".

Tony Elumelu frisou ainda que "não se trata de quanto dinheiro se tem, mas sim de deixar um legado."

Escrito por
Katya Aragão
Demografia
Demografia
Do total da população de São Tomé e Príncipe, com aproximadamente 187.356 habitantes (Censo 2012) [...] Foto:...
Venha Conhecer São Tomé e...
Venha Conhecer São Tomé e...
São Tomé e Príncipe é um destino ideal para conhecer uma África amável [...] Foto: Cruza Mundos São Tomé...
Ússua
Ússua
Nasceu no início do século XX, sendo uma dança praticada pelos "filhos da terra" de inspiração europeia:...
O País Lusófonia Política Economia Sociedade Desporto Educação Cultura Multimédia Saúde
Cultura Angola     Embaixadas Futebol        
Demografia Brasil   Turismo Serviços Basquetebol   Gastronomia    
Geografia Cabo Verde   As praias Emprego Ciclismo   Folcrore    
História Guiné Bissau   Ecoturismo Imobiliário Canoagem   Festas Locais    
Clima  Moçambique   A Capital Meteorologia  Clubes        
Fotos  Portugal      Tecnologia Taykwondo        
  Timor     Links Úteis Capoeira        
  S.Tomé e Príncipe       Xadrez        

© 2015 STP Digital Lda. Todos os direitos reservados. | Desenvolvimento por Albatroz Digital | Manutenção por STP Digital Lda | Termos e Política de Privacidade | Publicidade