×

Secções

Empresa

Idiomas

Turismo

República de Angola

Designação Oficial: República de Angola

Capital: Luanda

Outras cidades importantes: Huambo, Lobito, Cabinda, Benguela, Lubango, Malange

Data da actual Constituição: O MPLA adoptou uma Constituição de Independência em Novembro de 1975, alterada em Outubro de 1976, Setembro de 1980, Março de 1991, Abril e Agosto de 1992 e Novembro de 1996

Língua: A língua oficial é o Português. São falados outros idiomas, sobretudo o Umbundo, Kimbundo, Kikongo e Tchokwé

Unidade monetária: Kwanza (Kz)

Lema: Virtus Unita Fortior ( latim: A Unidade dá Força )

Hino Nacional: Angola Avante!

Gentílico: Angolano

Angola é um país da costa ocidental de África e está dividida em 18 províncias: Bengo, Benguela, Bié, Cabinda, Kuando-Kubango, Kwanza-Norte, Kwanza-Sul, Kunene, Humbo, Huíla, Luanda, Lunda-Norte, Lunda-Sul, Malanje, Moxico, Namibe, Uíge e Zaire.

Tem cerca de 15.941.000 de habitantes, sendo 90% dessa população negros e 10% brancos e mestiços. Angola foi uma colónia portuguesa até 1975 e esteve em guerra desde 1961 até 2002.

O país está dividido entre uma faixa costeira árida, um planalto interior húmido, uma savana seca no interior sul e sueste, e floresta tropical no norte. Existe uma estação das chuvas curta, os verões são quentes e secos, e os Invernos são temperados.

A economia de Angola caracteriza-se por ser predominantemente agrícola, sendo o café sua principal cultura. Seguem-se-lhe cana-de-açúcar, sisal, milho, óleo de coco e amendoim.

Angola também é rica em minerais, destacando diamantes, petróleo e ferro. Na cultura de Angola pode-se destacar a dança, onde se distingue diversos géneros, significados, formas e contextos, igualando o aspecto agradável com a sua condição de veículo de comunicação religiosa, curativa, ritual e mesmo de intervenção social; a música, com diversos estilos como o merengue angolano, kazukuta, kilapanda e semba. O semba, que partilha raízes com o samba, é também predecessor da kizomba e kuduro; e também a literatura e o cinema angolano.

Portal do Governo: www.governo.gov.ao

Fonte: Portal Lusoafrica

Encontrou algum erro neste artigo? Sugerir correção