×

Secções

Empresa

Idiomas

Turismo

República de Cabo Verde

Designação Oficial: República de Cabo Verde

Capital: Cidade da Praia

Outras cidades importantes:Mindelo, Assomada, S. Filipe

Data da actual Constituição: 25 de Setembro de 1992. Foi revista em Julho de 1999

Língua: A língua oficial é o Português, utilizando-se localmente o Crioulo

Unidade monetária: Escudo de Cabo Verde (CVE)

Lema: Unidade, Trabalho, Progresso

Hino Nacional: Cantico da Liberdade

Gentílico: Cabo-Verdiano

Cabo Verde é um país africano constituído por dez ilhas. Foi descoberto por Portugal no século XV e é um arquipélago de origem vulcânica. Tem cerca de 420.979 habitantes e um turismo crescente, principalmente na Ilha do Sal e na Ilha de Santo Antão. Arquipélago que pertenceu a Portugal desde sua descoberta, tornou-se independente em 1975. Cabo Verde está dividido em 22 concelhos: Boa Vista, Brava, Maio, Mosteiros, Paul, Porto Novo, Praia, Ribeira Grande, Sal, Santa Catarina, Santa Cruz, São Domingos, São Filipe, São Miguel, São Nicolau, São Vicente e Tarrafal.

Solo de montanhas clivosas coberto de cinzas vulcânicas, pouca vegetação cresce nas ilhas; ainda há um vulcão activo que deu origem à ilha do Fogo. O clima é quente e seco com médias anuais de 20º/25ºC e em Janeiro e Fevereiro sofre a acção das tempestades de areia vindas do Saara.

As ilhas de Cabo Verde têm poucos recursos. Os mais relevantes são a agricultura, frequentemente afectada pelas secas, e a riqueza marinha do arquipélago. Na cultura têm a música onde há diversos géneros musicais próprios, dos quais se destacam a morna e a coladera.

Recursos económicos:

Os recursos económicos de Cabo Verde dependem sobretudo da agricultura e da riqueza marinha. A agricultura sofre frequentemente os efeitos das secas.

As culturas mais importantes são o café, a banana, a cana-de-açúcar, os frutos tropicais, o milho, os feijões, a batata-doce e a mandioca.

A banana e a indústria das conservas de peixe, o peixe congelado, as lagostas, o sal e as confecções são os principais produtos exportados.

O sector industrial encontra-se em pleno desenvolvimento e podemos destacar a fabricação de aguardente, vestuário e calçado, tintas e vernizes, o turismo, a pesca e as conservas de pescado e a extracção de sal, não descurando o artesanato e a construção.

Assim, o comércio e o turismo, especialmente na ilha do Sal, produzem 69% do PIB. O sector secundário gera 17% do PIB. O país importa mais de 80% dos alimentos que consome.

Página da Presidência da República: www.presidenciarepublica.cv

Portal do Governo: www.governo.cv

Fonte: Portal Lusoafrica

Encontrou algum erro neste artigo? Sugerir correção