×

Secções

Empresa

Idiomas

Economia

Negócios vão enfrentar ventos contrários dos mercados emergentes em 2016

O relatório “Indústrias em 2016” do The Economist Intelligence Unit, examina como os negócios irão beneficiar de um cenário global de melhoria, sublinhando a importância da preparação para a volatilidade esperada nos mercados emergentes no ano corrente.

“Indústrias em 2016” reúne análises e previsões para seis indústrias globais fundamentais – automóveis, bens de consumo, energia, serviços financeiros, saúde e telecomunicações – identificando questões estratégicas de negócios para este ano.

O consumo global vai crescer 2,7% e os contínuos descontos terão impacto nas empresas. A utilização de energia verde vai ganhar terreno apesar dos baixos preços dos combustíveis fósseis.

Prevê-se que as vendas de automóveis aumentem em cerca de 3% em todo o mundo, independentemente da dificuldade causada pela crescente capacidade de reserva de mercados emergentes.

“Indústrias em 2016”, também destaca eventos significativos dentro destas indústrias que podem causar impacto nas empresas ao longo do ano: a Black Friday chinesa (11 de novembro) poderá seguir a Black Friday e tornar-se global; a Comissão Europeia irá confirmar a sua estratégia ‘Mercado Digital Único “, na esperança de adicionar 415 biliões de dólares para o PIB europeu em cada ano; o Irão definiu que vai fornecer cerca de 500.000 barris por dia de petróleo extra aos mercados globais.

Este relatório ajuda o investidor a identificar as principais questões e tendências que influenciarão a tomada de decisões estratégicas e de responder a perguntas de negócios vitais para a sua empresa em 2016.

Escrito por
Redação

Encontrou algum erro neste artigo? Sugerir correção

Comentários

Comentar