×

Secções

Empresa

Idiomas

Ambiente

Membros dos Comités Comunitários de Mudanças Climáticas da RAP recebem formação sobre alterações climáticas

Está a decorrer na Direção do Parque Obô, na Região Autónoma do Príncipe, uma formação de 4 dias destinada aos 27 membros dos Comités Comunitários de Mudanças Climáticas no âmbito do Projeto “Reforço das capacidades das comunidades rurais para a adaptação aos efeitos às mudanças climáticas em São Tomé e Príncipe”.

A semelhança do que aconteceu em São Tomé, a formação intitulada ““Adaptação aos Efeitos das Alterações Climáticas e Resiliência nas comunidades” visa criar ao nível das comunidades regionais que integram o projeto, uma estrutura que compreende as causas e consequências das alterações climáticas e possa tomar medidas que ajudem a reduzir os seus impactos.

As alterações climáticas e os seus efeitos são uma realidade no mundo e em São Tomé e Príncipe também não é diferente. Uma das consequências das alterações climáticas é o seu poder destruidor para a agricultura e a pesca, em particular, e para a economia nacional, como um todo.

O projeto conta com o financiamento do Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF),na ordem dos 4 milhões de dólares norte americanos, executado em São Tomé e Príncipe através do PNUD e implementado com a Direção da Agricultura e Desenvolvimento Rural e os Centros de Aperfeiçoamento técnico agropecuário, de Apoio ao desenvolvimento Rural e de Investigação agronómica e tecnológica

Fonte: PNUD em Ambiente

Encontrou algum erro neste artigo? Sugerir correção

Comentários

Comentar