×

Secções

Empresa

Idiomas

Cultura

Ficção santomense vence concurso de Curtas-Metragens PALOP-TL/UE

Katya Aragão faz parte de um conjunto de realizadores dos PALOP/TL, que estão em Moçambique até o dia 5 de Maio, no âmbito de um projeto de apoio à produção de curtas-metragens. Uma oportunidade de conviver com os demais realizadores selecionados e ainda com grandes nomes do cinema lusófono.

A jornalista foi a vencedora de São Tomé e Príncipe do concurso curta metragens de 25º aniversário da parceria PALOP-Timor Leste com a União Europeia. Um programa que visa contribuir para o reforço da identidade comum através da produção e difusão de conhecimentos sobre as origens e os laços comuns atuais entre os PALOP-TL.

Katya Aragão que já anunciou o casting para o seu filme, e vai continuar a trabalhar a sua primeira curta-metragem de ficção, que inclusive foi o único projecto vencedor desta categoria. “Mina Kiá” segue o percurso de Tónia, uma menina extrovertida, sensível e alegre que sonha ser professora, mas cuja vida muda quando a mãe a envia para a casa dos tios, na cidade, onde passa a sofrer maus-tratos. A realizadora receberá um fundo de produção de 9.000 euros para todo o projecto.

A iniciativa em questão pretende apoiar a produção de projectos de curtas-metragens que reforçam o conhecimento sobre a diversidade e semelhanças entre as várias culturas nacionais dos PALOP-TL, no contexto de uma história e língua oficial comuns, proporcionando oportunidades de formação e a promoção de jovens artistas e das suas narrativas.

Encontrou algum erro neste artigo? Sugerir correção

Authors

Sobre o Autor

Redação

Comentários

Comentar