×

Secções

Empresa

Idiomas

Empreendedorismo Notícias

Yanira Tiny: Uma jovem empreendedora com os pés no chão

(Imagem: Reprodução Euclides Dos Santos)

Todos os dia ela faz algo diferente. E aprendeu que só assim era possível construir uma história totalmente nova para a sua vida. Apesar do descanso ser sempre pouco e cuidar da família estar em primeiro lugar, Yanira Tiny tem a inquietação das sonhadoras. Não tem dúvidas.

“Sou apaixonada pela vida. Muito mais pela minha família, meu companheiro e o meu filho. Meus tesouros. Mas também sou louca por ideias. Criar ideias é a minha cena. Estou sempre disponível para mergulhar em novos projectos, actividades seja o que for. Ser dinâmica e atenta a tudo, é amar-me a mim mesma. Gosto de ser feliz assim. Por isso que estou sempre de um lado para o outro. Sou criativa, fundei a Wake Up Africa, gosto de ter estilo, faço roupas, sou uma artesã, faço brincos, sou empreendedora porque estou sempre atenta ao futuro”.

Yanira é uma mulher de negócios. Uma mulher empreendedora, dinâmica, criativa, uma mulher determinada e forte. “Meu activo está sempre cercado pelas pessoas certas”, disse Yanira que usa seu próprio capital para os projectos que cria. Tiny fundou a Wake Up Africa em Agosto de 2016, uma projecto que aposta estimular na inovação para a capacitação económica de santomenses; iniciativa acompanhada de actividades que procuram envolver intervenientes de todas as áreas. E para esta jovem mulher, manter uma equipa de suporte em altos níveis de eficiência significava exige tomar decisões rápidas e difíceis.

 

(Imagem: Reprodução Euclides Dos Santos / Ley Viegas )

“Ninguém sobrevive sozinho. É sempre bom procurar apoio em tudo que faz. A humildade é a chave de tudo. Sem ela, não vamos a lugar nenhum. Principalmente quando és mulher e jovem. O preconceito é um tema dominante na vida das mulheres. Porque a sociedade ainda não acredita que o homem e a mulher são iguais. E somos. Chega um momento em que começamos a perguntar, aonde estão as mulheres empreendedoras? Eu estou aqui e sei que muitas andam por ai”.

Mundialmente, as mulheres costumam a ganhar 30% menos do que os homens pelo mesmo trabalho. De que forma os homens são responsáveis por esse desequilíbrio? O que os homens podem fazer para mudar isso? Yanira acredita que a decisão é das mulheres. Ficar o dia a criar ideias ou a empreender é a forma que a ela viu para incentivar e engajar mulheres como ela.

“Precisamos falar mais sobre as mulheres, os negócios que elas têm feito, o que elas têm construído. O exemplo é super importante. E sim conseguimos fazer onde quer que nós estejamos, seja numa comunidade conservadora ou liberal, você consegue, eu consigo, nós conseguimos”.

Como empreendedora, Yanira já esteve envolvida em muitas coisas, desde a moda, trabalhos sociais até grandes organizações como o STP Music Awards, e foi oradora do TEDxSãotomé.

 

Hoje, Yanira Tiny tem bem ciente que empresas não crescem por inércia, se não forem bem cuidados. Hoje, ela engajou-se em mais um propósito. A empreendedora faz brincos e todos eles confeccionados por ela mesma. Este projecto também encaixa-se no projecto Wake up Africa associando-se as roupas que tem feito para alguns eventos de moda em que é convidada a nível do país.

Iniciar um negócio novo não é muito simples. É preciso pesquisar bastante, analisar o mercado, produzir e oferecer um produto atractivo. E hoje, estou envolvida em mais um projecto. Agora optei por brincos. Adoro-os! Deixa o rosto da mulher mais bonito. Já que também faço roupas e pensei, por que não brincos?! E graças a Deus a clientela só aumenta”.

Desde a criação do produto até a conexão com os consumidores, Yanira quer redefinir tudo que esteja relacionado com a moda, que está actualmente em alta de forma a buscar ideias para ajustar aos resultados que quer alcançar. Yanira procura expandir o seu negócio com lucro, mantendo o interesse e a lealdade dos consumidores.

No entanto:

 “As pessoas não constroem empresas ou criam projectos só por criar, todos temos um objectivo. Estou a divertir-mr, mas ainda tenho muito trabalho a fazer. Discuto com o meu companheiro e com pessoas que me são próximas os desafios de operar uma empresa ou na criação de um projecto”.

Por agora, tudo que tem estado a vender é via online. Através da sua página do facebook, a empreendedora expõe todos os seus trabalhos para aqueles que estiverem interessados.

 

O comércio electrónico revolucionou a maneira como artesãos e fabricantes vendem seus itens artesanais. Tornou-se cada vez mais fácil para empreendedores DIY (faça-você-mesmo (em inglês: do it yourselfDIY) criativos construir e desenvolver um negócio de produtos artesanais do zero.

 

“Fornecer às pessoas produtos para mostrar suas personalidades através de jóias é, como a maioria das actividades criativas, incrivelmente gratificante. Supondo que você já sabe como fazer adornos decorativos e que você tem suprimentos suficientes que são específicos para os tipos de jóias que você faz, existem dicas para ajudá-lo a transformar um hobby em trabalho em tempo integral”.

Ainda assim, como criativos e criadores, é fácil esquecer o lado comercial do seu negócio. Comerciantes que criam seus próprios produtos à mão investem muito mais em seu produto. Eles derramam seu coração, alma e energia em cada item que produzem.

Alguns artesãos podem não ver a oportunidade de negócio ou a oportunidade de ganhar a vida ou a renda de sua paixão. Enquanto outros como a Yanira, vêem a oportunidade de construir uma marca real a partir de suas criações, não apenas vendendo produtos únicos.

Yanira Tiny, jovem mulher empreendedora, sonhadora e amante da vida, hoje é mãe, e diz que tudo que faz, faz a pensar no seu filho, pois procura com as suas ideias e energias ensinar o que há de melhor em si para ele.

“Como pais, podemos pensar que, amando, passando tempo, comunicando e disciplinando adequadamente nossos filhos, temos a chave para o desenvolvimento ideal deles. Isso é verdade, já que os pais são os modelos mais fortes de seus filhos. No entanto, mais fundamental para a formação do desenvolvimento da personalidade de nossos filhos não é simplesmente nossas técnicas de criação de filhos, mas quem somos como pessoa. Nossos próprios comportamentos e atitudes são as principais influências que moldam o senso de identidade de nossos filhos, quer esteja conscientes disso ou não” rematou.

Encontrou algum erro neste artigo? Sugerir correção