Cultura

Faltam 3 dias e 3 espetáculos para o fim do Festival Internacional de Teatro de São Tomé

Festival Internacional de Teatro

Faltam 3 dias e 3 espetáculos para o fim da primeira edição do Festival Internacional de Teatro de São Tomé, no âmbito do projeto RECITE, liderado pelo Ministério do Turismo e Cultura de São Tomé e Príncipe, em parceria com a AEGUI – Associação de Escritores da Guiné-Bissau. O festival que arrancou no dia 21 de Julho e decorre até ao dia 31 deste mês, contou com vários espetáculos e peças teatrais de São Tomé, Moçambique e Portugal no Auditório do Arquivo Histórico, sempre às 19 horas.

Já na reta final do festival, a companhia portuguesa, o Teatro Meridional, vai apresentar espetáculos diferentes hoje e amanhã (dia 29 e 30). E, no domingo (31 de julho, às 16h), acontecerá o enceramento com um espetáculo de Tchiloli na Casa da Cultura.

Segundo o gestor do projeto, Pedro Rodrigues , o festival tem corrido bastante bem e têm tido “casa cheia ou quase cheia”. O projeto permitiu a estreia de um novo espetáculo que deu abertura ao festival, denominado “Tchiloli, uma Tragédia atual”.

Festival Internacional de Teatro

 

“É um exercício-espetáculo que foi construído na sequência de um curso de teatro que o projeto organizou em São Tomé dirigido pelo encenador André Covasque, que trabalhou com um grupo de 25 atores santomenses no período de 1 mês e meio” – disse o Pedro Rodrigues.

 

Festival Internacional de Teatro

 

O ator santomense, Dério Quinto, integrante do elenco do espetáculo partilhou com o STP Digital a sua experiência.

“Foi uma experiência boa trabalhar com modelo de montagem. Eu ainda não tinha feito com a técnica teatral…. E essa foi a primeira vez que eu trabalhei num espetáculo assim. A experiência foi muito boa”. – disse Dério Quinto.

Festival Internacional de Teatro

O espetáculo conta com 8 atores santomenses que continuará no mês de agosto noutros distritos da ilha de São Tomé, e em setembro irá a Portugal onde será apresentado em 4 cidades portuguesas. O Festival Internacional de Teatro será encerrado “em grande, com a chave de ouro” com a atuação da convidada companhia Portuguesa do Teatro Meridional e o Tchiloli.

O projecto RECITE – Rede de Centros de Intercâmbio Teatral nos países de língua portuguesa é uma parceria entre o Ministério do Turismo e Cultura de São Tomé e Príncipe e a AEGUI – Associação de Escritores da Guiné-Bissau que assume como objectivo central a consolidação dos Centros de Intercâmbio Teatral de São Tomé e de Bissau, enquanto plataformas de intercâmbio e apoio à actividade das comunidades teatrais dos respectivos países.

Para além de acções de formação (os laboratórios teatrais), de exercícios-espectáculo e de festivais internacionais de teatro nos dois países, o projecto prevê ainda acções de valorização e divulgação de manifestações artísticas tradicionais de São Tomé e Príncipe e da Guiné-Bissau e o arranque de projectos de qualificação ou de criação de espaços cénicos nas duas capitais.

O projecto RECITE é executado no âmbito do PROCULTURA, acção do programa PALOP-TL e UE, financiada pela União Europeia, co-financiada e gerida pelo Camões, I.P.

Sobre o Autor

Jaquilza Gomes

Jaquilza Gomes é licenciada em Língua Portuguesa pela Universidade de São Tomé e Príncipe (FCT/USTP). Participou na criação da obra conjunta “Ilhas de Palavras”. Nas horas livres dedica-se ao desenho, escrita, poesia, contos e reciclagem.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
error: O conteúdo está protegido!!