Cultura Moda

Isa Neto anuncia o seu primeiro desfile de moda em São Tomé

isa neto

A estilista e modista Isa Neto anunciou o seu primeiro desfile de moda em São Tomé e Príncipe, que terá lugar no dia 9 de julho, às 15 horas na Fortaleza de S. Jerónimo. “Moda inclusiva” foi o tema escolhido para a sua mais recente coleção.

Isaura Pequeno, conhecida profissionalmente como Isa Neto é estilista, mestre em Ciências Jurídicas e empresária. Lançou a sua marca em Portugal no África Fashion by LXD, em 2017.

Após o período de pandemia que o mundo inteiro enfrentou, a estilista pretende reafirmar a sua presença no mundo da moda com gritos de liberdade, modernidade e inclusão.

O movimento da moda inclusiva surgiu em 2008. Produz roupas e acessórios voltados às necessidades dos diferentes tipos de corpos, procurando proporcionar as pessoas mais autoestima e liberdade.

Isa Neto

Neste contexto, no evento do dia 9 de julho, a estilista pretende apresentar peças de roupas para “todo tipo de público”, peças casuais, formais, de gala; para crianças, jovens e adultos.

Produzo peças únicas, especialmente para cada cliente, porém, seguindo sempre as tendências internacionais e atuais para que os meus clientes se sintam sempre na moda e confortáveis.”

Em conversa com o STP Digital, Isa contou que a sua paixão por roupas surgiu desde pequena.

Eu tinha umas bonecas tradicionais e usava os restos dos tecidos que a minha mãe deixava para poder criar roupinhas para elas.”

A sua carreira na área de moda começou aos 18 anos quando recebeu de presente uma máquina de costura. Em 2007, abriu uma loja de roupas femininas e masculinas no centro da cidade de São Tomé.

Naquela altura, Isa ía ao Brasil para fazer compras de peças prontas a vestir para revenda.  No entanto, o seu lado artístico e criativo começou quando estava a fazer o mestrado em Portugal.

Juntei o útil ao agradável, aproveitei e fiz um curso de modelagem e costura.

Depois de concluir a formação, em 2017, Isa levou à passerelle a coleção “MUALA, que significa “Mulher” em crioulo forro. Uma coleção inspirada nas mulheres santomenses para as mulheres do mundo inteiro.

Naquela coleção, a estilista apresentou obras feitas de tecidos como renda, tecidos africanos 100% algodão, chiffon e sablé que enalteceu de forma modesta a determinação e a força das mulheres Santomenses.

O Atelier Isa Neto conta com uma equipa de cinco colaboradores que ajudam na confecção das peças que cria.

As minhas peças são essencialmente personalizadas. Fo um pouco de tudo e para todos.

Todavia, a estilista disse que se depara com alguns desafios, nomeadamente, a capacidade de criação de cada peça para cada contexto e pessoa específica, considerando sempre a sua personalidade.

“Exige de mim e da minha equipa muito tempo, dedicação e delicadeza porque boa parte do trabalho envolvido é feita à mão.

Outro desafio é o preço, uma vez que, segundo Isa é difícil cobrar o preço justo que inclua todo o trabalho envolvido na confecção de uma peça.

A modista faz uso de tecidos como seda, brocado, chiffon, renda, chantilly, musseline, entre outros materiais que importa porque é difícil encontrar no mercado nacional.

Apesar dos desafios, Isa gosta do que faz e arranja tempo e motivação neles. Os seus clientes são amantes de um bom corte e bom acabamento, e a estilista faz questão de corresponder às expetativas deles.

De acordo a estilista, a satisfação dos seus clientes foi o que a motivou a ir mais longe, e, deste modo, organizar, pela primeira vez, um desfile de moda em São Tomé e Príncipe.

Os preparativos para o evento estão a correr bem, embora alguns constrangimentos por falta de apoio.”

As divulgações e atualizações do evento estão sendo feitas nas suas páginas no Facebook e no Instagram sob nome Isa Neto.
Para ter acesso ao desfile, é só ligar para 9093865/9870671 e adquirir as pulseiras no valor de 250 dobras.

Caso queiram adquirir uma peça minha, deixo ficar o meu WhatsApp 9088324 para contato.”

Sobre o Autor

Jaquilza Gomes

Jaquilza Gomes é licenciada em Língua Portuguesa pela Universidade de São Tomé e Príncipe (FCT/USTP). Participou na criação da obra conjunta “Ilhas de Palavras”. Nas horas livres dedica-se ao desenho, escrita, poesia, contos e reciclagem.

error: O conteúdo está protegido!!