Ambiente Economia

São Tomé e Príncipe e Global OTEC assinam acordo

São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe e a Global OTEC assinaram o primeiro acordo mundial para desenvolver um PPA para o desenvolvimento e implantação de uma plataforma flutuante de 1,5MW ao largo da ilha de São Tomé.

Sob a iniciativa da Global Ocean Energy Alliance (GLOEA), como membros e signatários de uma Parceria Público Privada (PPP), o governo de São Tomé e Príncipe, juntamente com os parceiros SIDS DOCK, a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) e a Global OTEC, chegaram a um marco importante.

A assinatura pelas partes de um memorando de entendimento marca a base de um entendimento mútuo dos parâmetros jurídicos e comerciais que envolvem a implantação da tecnologia OTEC no nosso país.

Primeiro Ministro, Jorge Bom Jesus

“A Visão Energética do Povo de São Tomé e Príncipe é que a energia oceânica desempenhe um papel significativo nas suas vidas, pois aprenderam que Dominique poderia fornecer-nos energia de base – energia a toda a hora do oceano, e também ajudar na segurança alimentar e da água doce”, disse o Primeiro-Ministro Dr. Jorge Bom Jesus.

O Primeiro Ministro, Jorge Bom Jesus, apresentou-se no Hotel Eurostars Universal em Lisboa (Portugal), em frente de alianças intergovernamentais, Chefes de Estado dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (PEID), outros dignitários e representantes de São Tomé e Príncipe, e parceiros privados para declarar com orgulho a plena implantação da plataforma flutuante Global OTEC, “Dominique”, até 2024.

Este projeto poderá constituir uma alternativa sustentável às importações de combustíveis fósseis, representando mais um passo para o progresso ambiental e económico de São Tomé e Príncipe.

O projeto inicial OTEC contribuirá para a realização de vários Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, bem como para a redução do atual custo nivelado da eletricidade (LCOE) por uma margem significativa possibilitada pelo financiamento concessionário apoiado pela UNIDO.

A aliança entre o Governo de São Tomé e Príncipe e a Global OTEC começou em 19 de Setembro de 2020, com a apresentação de uma Manifestação de Interesse ao Secretariado do SIDS DOCK, indicando o interesse em prosseguir o destacamento offshore do Dominique.

São Tomé e Príncipe
Dan Grech, CEO da Global OTEC

“A OTEC Global ajudará a concretizar a Visão Energética do povo de São Tomé e Príncipe. Este importante marco mostra tanto aos fundos públicos como aos privados que os termos chave de um acordo financiável podem ser alcançados” disse o CEO da Global OTEC, Dan Grech.

A Global OTEC é uma empresa privada com sede no Reino Unido, constituída em 2015 para acelerar a comercialização de uma tecnologia de Conversão de Energia Térmica dos Oceanos Flutuantes (“OTEC”) para desenvolver fontes de energia limpa, de carga de base, de carbono zero, que alcancem o máximo impacto na capacitação de SIDS, Países Menos Desenvolvidos (PMD) e Nações Costeiras com segurança energética, ao mesmo tempo que ajudam a Terra a reduzir as emissões de gases com efeito de estufa e, eventualmente, a eliminar a dependência total dos combustíveis fósseis.

Sobre o Autor

Redação

Diário digital generalista, que prima pelo jornalismo exigente e de qualidade, orientado por critérios de rigor, isenção e criatividade editorial. Acreditamos que a existência de uma opinião pública informada, activa e interveniente é condição fundamental da democracia.

error: O conteúdo está protegido!!