Covid-19 Saúde

São Tomé e Príncipe sem caso positivo de Covid-19 nas últimas 24 horas

Ministério da Saúde
© LUSA
São Tomé e Príncipe não registou este sábado nenhum caso de Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o boletim diário, divulgado pela fonte do Ministério da Saúde.

De acordo com a atualização de hoje do boletim covid-19, feita pela Diretora dos cuidados da Saúde, Feliciana Pontes, efetuaram 6 testes rápidos, sendo que os 6 deram negativos, mantendo o total de 514 casos positivos acumulados já existentes.

De acordo com o comunicado da Diretora do cuidados da Saúde, Feliciana Pontes, relativamente às 600 amostras PCR envidas para o Gana na passada semana, os resultados já chegaram ao país e estão a ser descodificados.

Segundo os 78 testes da Região Autónoma do Príncipe enviados na primeira volta, foram colhidas novamente novas amostras e enviadas para o Laboratório do Gana, das quais 75 amostras vieram com resultados negativos e 3 com resultados positivos.

O número de óbitos continua em 12, e segundo as autoridades de saúde, no hospital de campanha estão 7 cidadãos internados com infeção pelo novo coronavírus, 419 estão em isolamento domiciliar, 2 pacientes sintomáticos respiratórios, 3 cidadãos em quarentena na Região Autónoma do Príncipe e 8 casos recuperados na Região Autónoma do Príncipe, passando de 68 para 76 casos recuperados.

Em África, há 5.175 mortos confirmados em mais de 189 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, a Guiné-Bissau lidera em número de infeções (1.389 casos e 12 mortos), seguida da Guiné Equatorial (1.306 casos e 12 mortos), Cabo Verde (567 casos e cinco mortes), São Tomé e Príncipe (514 casos e 12 mortos), Moçambique (424 casos e dois mortos) e Angola (91 infetados e quatro mortos).

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de infetados (mais de 685 mil, atrás dos Estados Unidos) e o terceiro de mortos (37.312, depois de Estados Unidos e Reino Unido).

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 403 mil mortos e infetou mais de sete milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.485 pessoas das 34.885 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

MS / Agência Lusa