Desporto

Nino Monteiro reeleito para novo mandato até 2022

Nino Monteiro
© STP PRESS

Domingos Monteiro, mais conhecido por Nino Monteiro foi reeleito esta terça-feira presidente da Federação Sãotomense de Futebol (FSF), até 2022, na Assembleia Geral eleitoral do organismo, à qual concorreu sem oposição.

O dirigente da FSF recebeu 39 votos dos 40 representantes dos clubes, vencendo com maioria absoluta apesar da ausência de um dos clubes mais importantes de São Tomé e Príncipe, o Inter de Bombom.

Nino Monteiro que já dirige a federação desde 2014 prometeu revolucionar nos próximos anos o futebol são-tomense.

“É sentimento de dever cumprido durante o meu mandato e essa eleição vem reforçar a minha responsabilidade com os próximos quatro anos do meu mandato”, disse o dirigente desportivo.

O presidente da FSF fez ainda referencia à polémica que envolveu a assembleia eletiva: “refiro-me à ingerência nociva e grosseira por parte de personalidades que se acham donos de São Tomé e Príncipe, colocando em causa a sobrevivência da nossa instituição e dando uma imagem negativa perante a Confederação Africana de Futebol e a FIFA”.

Recorde-se que as candidaturas do antigo internacional Jocy Barros e do militar de carreira Idalécio Pachire foram rejeitadas pela Comissão Organizadora da Assembleia Geral da FSF por não cumpriam os requisitos necessários.

A reunião magna decorreu na capital sãotomense. A assembleia geral aprovou igualmente o orçamento para 2019 estimado em um milhão de dólares e marcou para a primeira quinzena de abril a nova época desportiva.